Por que aprender inglês?

Não é mais novidade que o aprendizado de um segundo idioma é fundamental para o crescimento e a capacitação de uma criança. Assim sendo, muitos pais pensam em investir em inglês para crianças.

Há muitas escolas bilíngues e cursinhos de inglês para crianças no mercado. Mas muitos pais se perguntam com qual idade o filho deve começar aprender.

Isso porque, o maior receio é a dificuldade dos filhos em assimilar a segunda língua e o receio de que possa vir atrapalhar o aprendizado do português.

Aprender inglês é mais fácil quando se é mais jovem

Pesquisadores de três universidades de Boston, nos Estados Unidos apontaram que a capacidade de aprender uma nova língua, pelo menos gramaticalmente, é mais forte até os 18 anos de idade.

No entanto, para se tornar completamente fluente, o aprendizado deve começar antes dos 10 anos.

Segundo o estudo, entre os motivos que dificultam o aprendizado após os 18 anos estão as mudanças sociais, físicas, a interferência da língua primária e o desenvolvimento contínuo do cérebro.

Além disso, normalmente, é a partir dessa idade que as pessoas ingressam no mercado de trabalho e costumam encontrar empecilhos como a falta tempo e ambiente adequado para aprender.

Além disso, nos primeiros anos de vida, o cérebro humano se desenvolve incrivelmente rápido.

São milhares de conexões neurológicas novas e aprender qualquer coisa nessa fase se torna muito mais fácil, inclusive idiomas diferentes do materno.

Além disso, vivenciar e estudar um novo idioma estimula o cérebro das crianças, que naturalmente estão mais abertos a fazer sinapses, ligações e conexões.

Com inglês para crianças, a associação feita pelo cérebro com as palavras no idioma materno e no estrangeiro faz com que ela desenvolva novas conexões, ainda mais quando esse aprendizado é aliado aos estímulos físicos.

Dessa forma, é interessante que as crianças sejam constantemente expostas a:

  • músicas em inglês;
  • jogos e aplicativos interativos;
  • desenhos a partir do inglês;
  • jogos de perguntas e respostas.

Isso irá estimular habilidades e áreas do cérebro, tornando as crianças mais flexíveis e abertas a novas experiências.

Além disso, quando se estimula inglês para crianças. há ganhos cognitivos também.

Aprender um novo idioma significa lidar com novos conhecimentos, uma nova estrutura linguística, novos sons e, consequentemente, uma ampliação lexical.

 Os benefícios do inglês para crianças são muitos em diferentes âmbitos

Ser fluente em inglês é um fator decisivo na vida acadêmica e profissional de uma pessoa, pois pode abrir diversas portas na sua carreira.

Mas, o aprendizado de inglês para crianças traz proporciona benefícios diversos, não só no sentido profissional. Conheça os impactos diretos do inglês para crianças:

  1. Aproveitamento escolar

Estudar inglês na educação infantil faz com que a criança aprenda o novo idioma juntamente ao português, o que permite que o seu cérebro tenha mais facilidade para trocar de língua ao se comunicar.

Além disso, o estudo de inglês na infância também estimula as funções cognitivas dos bebês e crianças. Isso é muito positivo para o aproveitamento das outras disciplinas escolares!

Assim, a capacidade de raciocínio é beneficiada, e até mesmo a integridade do seu cérebro passa a ser influenciada pelo processo de aprendizagem.

Quanto mais o nosso cérebro se exercita, recebe atividade, com mais rapidez ele se desenvolve.

  1. Aprendizado mais rápido

Na primeira infância, as crianças são verdadeiras “esponjinhas”, absorvendo todo o tipo de conteúdo que lhes é apresentado.

E isso não é diferente em se tratando da aprendizagem de idiomas. Por isso, elas começam a aprender inglês assim que têm o primeiro contato com a língua.

Sem falar que os pequenos estudantes chegam mais rápido na fluência perfeita, uma vez que o aparelho fonético é capaz de reproduzir diversos sons nessa etapa do desenvolvimento do corpo.

  1. Fluência na vida adulta

Se uma pessoa começa a aprender inglês desde cedo, é muito mais provável que quando chegar à vida adulta seja fluente.

Assim, será muito mais fácil para o seu filho conquistar oportunidades que exigem o inglês ao contrário de alguém que só decida optar pelo aprendizado depois de crescido e por exigência do mercado de trabalho.

Com um domínio do inglês, seu filho pode, futuramente, conquistar bolsas no exterior e, consequentemente, ter acesso a uma formação diferenciada, entrando em contato com outras culturas.

  1. Redução da timidez

O contato com um novo idioma, em uma sala de aula com pessoas da idade dele, ajuda a diminuir a timidez que, muitas vezes, impede que os pequenos se comuniquem com outras pessoas e deixem de fazer amizades.

É normal que as crianças que começam a falar inglês nos primeiros anos da escola se sintam empolgadas com as descobertas e tenham interesse em praticar o que aprendem com os seus colegas e em casa.

Já na vida adulta, aprender inglês pode ser mais difícil, por conta de receio de julgamentos, medo de errar a pronúncia e mais.

  1. Um adulto globalizado

Já pensou que legal seu filho ter a chance de viajar pelo mundo com uma comunicação perfeita e conhecer diversas culturas?

O inglês para crianças é valioso pois se trata de uma língua universal, que é praticada na maior parte dos países.

Alguém que tem esse segundo idioma na ponta da língua tem mais independência para viajar.

Isso quer dizer, que muitas, vezes não há a necessidade de contar com guias ou tradutores para passear em um país estrangeiro e fica mais fácil aproveitar as experiências locais.

O inglês para crianças tem grande importância! Neste novo ano, busque matricular seu filho em uma escola bilíngue ou saia em busca de um cursinho.

É importante que ele participe do processo de escolha da escola de idiomas, para se sentir confortável e aberto a novos aprendizados.

Se seu orçamento não permite investir, ainda, em um curso de inglês, estimule hábitos como assistir a filmes legendados, praticar inglês em aplicativos como o Duolingo e mais.

Fonte: teamtex.com.br

Compartilhe com seus amigos!