Dicas para planejar um Intercambio

Dicas para planejar um intercâmbio High School

Uma coisa é certa: qualquer viagem requer preparo e organização, mesmo que seja para visitar a família em uma cidade próxima. Agora, imagine fazer uma viagem para outro país com duração de 6 meses a 1 ano. Não é uma tarefa tão fácil!

Portanto, é fundamental pensar em cada detalhe assim que você toma a decisão de fazer um intercâmbio Ensino Médio por meio do High School. Programar-se pode até ser trabalhoso, mas traz a tranquilidade de que tudo sairá conforme esperado.

E isso vale muito a pena, concorda? Então, vamos, agora, às dicas!

1. Escolha seu destino!

Você teve uma conversa com seus familiares e decidiram que seria ótimo ter uma experiência internacional de estudos. Maravilha! Agora, é hora de pensar em qual país você realizará o sonho do intercâmbio.

Talvez, você já tenha algum destino em mente, seja por afinidade com o local, seja por ter ouvido falar bem dele. No entanto, apenas gostar de um lugar e querer conhecê-lo não é o suficiente para essa modalidade de viagem.

Portanto, lembre-se de pesquisar o currículo escolar do país, bem como a cultura, a alimentação, o estilo de vida etc. Afinal de contas, tudo isso fará parte da sua experiência como intercambista!

2. Pense na acomodação!

Esse é mais um ponto muito importante de se considerar, já que existem duas categorias de moradia nos programas de intercâmbio no Canadá pelo High School.

A primeira delas é a hospedagem em casa de família, em que o estudante é recebido por uma família local e passa a conviver com os membros na casa. Em um primeiro momento, o intercambista pode enxergar como um desafio, principalmente no que se refere à adaptação e às regras.

Apesar disso, o estudante passa a se integrar como parte da família com o tempo e pode até criar um vínculo duradouro com aqueles que o recepcionaram. Não à toa, os estudantes costumam optar por essa modalidade.

Já a segunda opção é conhecida como boarding school, em que o aluno vive na própria escola. Na residência estudantil, o contato do intercambista com o meio acadêmico é ainda maior, já que ele mora na mesma escola onde estuda.

3. Fique de olho nos prazos!

Agora, muita atenção! Perder o prazo de inscrição é um acontecimento recorrente entre os futuros intercambistas e faz com que a viagem seja adiada.

Isso acontece porque o calendário escolar de outros países é diferente do nosso, então, você deve se programar para não perder a data. Se você deseja fazer um intercâmbio High School nos EUA, por exemplo, saiba que o ano letivo tem início em agosto.

Aí vai a nossa dica: programe-se com, pelo menos, 6 meses de antecedência em relação às datas.

4. Providencie os documentos!

A documentação necessária para efetivar seu intercâmbio High School depende das exigências do país de destino. Ainda assim, é indispensável obter o passaporte e o visto de estudante.

Outras declarações costumam ser solicitadas, como preenchimento de formulários, comprovação de matrícula, seguro-saúde e, até mesmo, comprovação de verba. Então, organize-se para não enfrentar problemas na validação dos documentos.

5. Verifique seu nível de inglês!

Você vai viver uma experiência cultural em outro idioma e isso é incrível! Os destinos são diversos, seja para países de língua francesa, seja espanhola ou inglesa. Inclusive, o inglês predomina nesse quesito.

Por isso é tão importante ter, no mínimo, nível intermediário no idioma para se comunicar com êxito durante seu intercâmbio High School nos EUA.

Um dos diferenciais do Colégio Integrado é a formação High School, em que você tem aulas em inglês com professores proficientes no idioma e de acordo com o currículo americano. Participar do nosso programa é mais uma dica infalível para os estudantes!

6. Planeje-se financeiramente!

Por fim, determinar o orçamento é essencial nesse processo! Os gastos começam antes mesmo da viagem, desde a documentação até os itens pessoais que o jovem deve levar.

Além disso, durante o intercâmbio High School, há despesas com alimentação, transporte, compras, lazer e, lógico, uma reserva em caso de imprevistos.

Viu só? Para experimentar novos aprendizados e abrir portas para sua futura carreira, é preciso se planejar em vários sentidos.

Fonte: souintegrado.saber.com.br

Compartilhe com seus amigos!