Enem 2021

A inscrição vai até 26 de setembro e a prova será em janeiro. Para quem já fez a matrícula para o Enem regular, as provas seguem marcadas para novembro.

As inscrições do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2021 começam hoje (14) para os estudantes de baixa renda que tiveram isenção de taxa na última edição do exame e não compareceram às provas. As inscrições podem ser feitas na Página do Participante até o dia 26 de setembro, sem que seja necessário justificar a ausência no Enem 2020 ou pagar a taxa de inscrição.

Para esses candidatos, o exame será aplicado nos dias 9 e 16 de janeiro de 2022, mesma data do grupo de pessoas privadas de liberdade (Enem PPL). Aos participantes que fizeram a inscrição no Enem regular as datas de aplicação da prova seguem nos dias 21 e 28 de novembro.

A decisão de reabertura foi anunciada pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), na segunda-feira (13).

“O Inep reforça que o cronograma de aplicação do Enem 2021 para os isentos ausentes na edição 2020 foi planejado de forma a garantir o direito dos participantes de utilizarem o resultado do exame para acesso à educação superior por meio do Sistema de Seleção Unificada (Sisu), do Programa Universidade para Todos (ProUni) e do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies), programas do Ministério da Educação (MEC)”, diz o comunicado do Inep.

Por que terá uma segunda rodada de inscrição?
O primeiro edital previa direito à isenção no Enem 2020 se o participante que faltou à prova justificasse a ausência. No entanto, as justificativas precisavam ser comprovadas por meio de documentação e fazer parte de algumas das hipóteses previstas: acidentes de trânsito, morte de familiar, emergências médicas, assaltos, suspeita de Covid-19, entre outras. Estudantes relatam que a pandemia dificultou o comparecimento à prova e também a justificativa documentada.

Após ação movida por entidades estudantis e partidos políticos, O Supremo Tribunal Federal (STF)  determinou  a garantia da inscrição para quase 3 milhões de estudantes que conseguiram gratuidade na taxa de inscrição do ano passado, mas não comparecem às provas.

Menor número de inscritos
O número de inscritos do Enem 2021, 3,1 milhões, foi o menor desde 2005.

Além disso, a Semesp, entidade que representa as mantenedoras do ensino superior no Brasil, fez um levantamento indicando que o exame deste ano é o menos inclusivo da última década. De acordo com o estudo, houve queda de 53% de inscrições de pretos, de 54,8% de indígenas e de 35,7% de brancos.

Calendário do Enem 2021

  • Inscrição de isentos no Enem 2020: 14 a 26 de setembro
  • Enem regular e digital: 21 e 28 de novembro
  • Enem para isentos em 2020 e PPL: 9 e 16 de janeiro de 2022

Fonte: guiadoestudante.abril.com.br

Compartilhe com seus amigos!